Fazer mais de um procedimento em uma cirurgia combinada é seguro?

Se a paciente em questão passar por análise de seus exames pré-operatórios corretamente e escolha um cirurgião especialista, sim, pode fazer uma cirurgia combinada segura.

É preciso conversar com o médico sobre as suas expectativas e ele analisará o seu histórico médico, bem como a complexidade de seus procedimentos.

Os chamados “procedimentos combinados” são comuns e podem abordar uma série de intervenções cirúrgicas.

A cirurgia combinada pode ser, por exemplo, de uma lipoplastia (lipoaspiração) com enxerto.

Saiba mais sobre os procedimentos combinados

Qualquer tipo de procedimento oferece riscos que podem ser minimizados através de uma série de cuidados pré-operatórios.

Além disso, cabe ao médico cirurgião em questão analisar os riscos da cirurgia combinada de acordo com a paciente, permitindo que ela conte com os melhores resultados possíveis.

Diversas coisas devem ser levadas em conta, como o tipo de anestesia utilizada para a realização dos procedimentos, o organismo da paciente, o tempo de recuperação e muito mais.

Afinal, já que qualquer paciente terá que passar por um período de recuperação para cada procedimento, levar em consideração contar com alguns dias a mais para estar se cuidando pode ser algo interessante.

Lembramos também que deve seguir as instruções do seu cirurgião. Isso tem um impacto bastante positivo para que a paciente se recupere em menos tempo.

Ao fazer um ou mais procedimentos cirúrgicos ao mesmo tempo, ter acesso a um médico especialista é essencial.

Qual é o melhor método de lipoaspiração para a parte de trás das pernas?

Não existe o melhor método de lipoaspiração para qualquer parte do corpo, vai depender do seu cirurgião.

O sucesso da operação está diretamente conectado com a experiência e especialidade do cirurgião escolhido.

Cada médico trabalha de uma forma diferente, apenas o cirurgião especialista pode analisar e escolher o melhor método de lipoaspiração.

Portanto, para saber qual é o melhor método de lipoaspiração para qualquer parte do corpo, é fundamental falar com o cirurgião e tirar suas dúvidas.

Saiba mais sobre a lipoaspiração

A lipoaspiração é um procedimento que pode ser feito em praticamente qualquer local do corpo.

A sua intenção é remover a gordura do corpo de uma paciente, não podendo ser usado para emagrecimento, mas sim na modelagem do corpo.

A lipoaspiração retira apenas a gordura localizada, aquela que dificilmente sairá com exercícios ou mudança na alimentação.

Assim sendo, é importante sempre falar com o seu médico em relação as suas expectativas ao fazer o procedimento.

É a junção de suas expectativas, do seu tipo de pele e do local em que será feita a lipoaspiração que influenciará no resultado final.

Somente o seu médico poderá definir qual é o melhor método de lipoplaspiração para o seu caso em específico.

O recomendado é sempre escolher um cirurgião plástico que seja membro da SBCP – Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Gordura da bochecha, posso retirá-la com uma lipoaspiração?

Apesar de que a lipoaspiração poder ser feita em qualquer parte do corpo, o melhor para tirar a gordura da bochecha é a bichectomia.

A bichectomia é uma intervenção cirúrgica que permite que o rosto seja afinado através da remoção da gordura das bochechas.

Como o procedimento é feito por dentro da boca, as cicatrizes são imperceptíveis.

Porém, não são todas as mulheres que se mostram boas candidatas para a bichectomia.

Para passar por ela é preciso contar com uma quantidade interna de gordura da bochecha a ser removida.

Também é preciso analisar as expectativas da paciente, pois uma cirurgia mal planejada pode resultar em um rosto cansado e magro.

Caso possua alguma dúvida sobre a gordura da bochecha, fale sempre com um profissional qualificado.

Saiba mais sobre a bichectomia

A bichectomia é um procedimento simples e que pode ser feito em um ambiente cirúrgico, utilizando a anestesia local.

Normalmente o pós operatório são indolores, com pacientes relatando passar por uma recuperação tranquila.

Os cuidados desse período também são simples e devem ser seguidos à risca, evitando assim complicações graves.

Em geral, uma pessoa que tenha excesso de gordura na região interna da boca pode ser uma boa candidata para a cirurgia.

Assim, a bichectomia pode afinar o seu rosto e remover essa gordura da bochecha.

Na hora de remover a gordura da bochecha, não deixe procurar por um especialista preparado para tal intervenção cirúrgica.

Para perder peso na menopausa posso fazer uma lipoaspiração?

Inicialmente, é preciso esclarecer que a lipoaspiração não é um procedimento para emagrecer ou perder de peso na menopausa.

A lipoaspiração é um procedimento feito para modelar melhor o corpo de uma paciente, removendo gorduras localizadas e oferecendo a ela uma silhueta mais escultural.

Assim sendo, é possível fazer uma lipoaspiração durante a menopausa, desde seja para remover a gordura localizada.

Mulheres que buscam perder peso na menopausa devem estudar junto a seu cirurgião a possibilidade de emagrecer.

Após isso talvez precise de lipoaspiração ou abdominoplastia, ou outros procedimentos dependendo do seu caso.

Entenda mais sobre a lipoaspiração

O procedimento de lipoaspiração também é chamado de lipoplastia e é um dos procedimentos cirúrgicos mais comuns feitos no país.

Costuma ser de complexidade relativamente simples. Geralmente o pós operatório é, em geral, bastante tranquilo.

A lipoaspiração pode ser feita praticamente em qualquer local do corpo, dependendo do seu caso.

Antes do procedimento é recomendado que mulheres tanto na menopausa, quanto em qualquer outra situação, tenham uma rotina de exercícios físicos e uma alimentação balanceada que as permita chegar o mais próximo possível de seu peso ideal.

Assim, os resultados serão ainda melhores, mais precisos e de acordo com as expectativas da paciente.

É essencial escolher um cirurgião experiente no assunto e que analise a sua situação individual.

Um profissional experiente no assunto será capaz de analisar todos os seus dados médicos, bem como os que estão envolvidos em sua menopausa, e auxiliar você a encontrar o melhor procedimento de lipoaspiração.

Assim sendo, busque sempre por um cirurgião especialista para tirar todas as suas dúvidas e auxiliar durante este processo.

A lipoaspiração é perigosa para atletas?

Existe quem acredite que a lipoaspiração é perigosa, especialmente para atletas, uma vez que alguns casos tiveram complicações.

O que tornou tais situações mais presentes no cotidiano é por serem pessoas famosas, dando má fama ao procedimento. A verdade é que essa informação é bastante equivocada.

Os riscos envolvidos em uma lipoaspiração, seja ela feita em atletas ou não, são os mesmos riscos envolvidos em qualquer procedimento cirúrgico.

Eles devem ser analisados de acordo com a paciente em questão, independentemente de seus esforços e práticas físicas.

Assim sendo, conhecer mais sobre a lipoaspiração, também chamada de lipoplastia, é algo essencial perder o medo.

O que é a lipoaspiração?

A lipoaspiração é uma cirurgia capaz de remover gorduras “teimosas” do corpo de uma paciente, seja ela uma atleta ou não.

Até mesmo atletas podem ter gordura localizada que não são facilmente removidas através de uma dieta e de exercícios físicos.

Assim sendo, qualquer pessoa pode precisar de uma lipoaspiração para ter um corpo mais modelado de acordo com o seu porte físico.

Fale com um médico experiente no assunto para saber se a lipoaspiração é perigosa e outras dúvidas.

O recomendado é que você sempre escolha um cirurgião membro da SBCP – Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Pessoas negras tem mais chance de ter cicatrizes visíveis de Lipoaspiração?

Não tem como confirmar se pode desenvolver cicatrizes visíveis de Lipoaspiração. Isso acontece uma vez que cada paciente possui um processo de cicatrização pessoal, depende de uma série de fatores.

Em geral, as incisões causadas por uma lipoaspiração, são pequenas se tornam cicatrizes imperceptíveis, mesmo que elas estejam lá.

Assim sendo, existe uma série de outros fatores que devem ser levados em consideração para se saber se terá cicatriz visíveis de lipoaspiração.

O que é preciso saber sobre as cicatrizes de uma lipoaspiração?

Para que os melhores resultados possíveis sejam obtidos, é preciso tomar uma série de cuidados com a recuperação de uma lipoplastia.

Inicialmente, é preciso analisar com o seu médico o nível de sensibilidade da pele e a predisposição de uma paciente para uma boa cicatrização.

Existem pacientes que são brancas e que possuem um potencial de cicatrização mais baixo, enquanto existem, também, pacientes que são negras e que possuem excelentes níveis de cicatrização.

A cor da pele não é um fator relevante para que uma pessoa seja ou não uma candidata à lipoaspiração.

Em seguida, deve-se analisar o tamanho da incisão que será feita e a região. Incisões maiores e procedimentos mais complexos tendem a contar com maiores cicatrizes.

Finalmente, é preciso analisar o seu caso junto a seu médico, que será o único profissional capaz de oferecer respostas para cicatrizes visíveis na lipoaspiração.

Procure o seu médico cirurgião de confiança antes de fazer uma lipoplastia, garantindo que os seus resultados sejam os melhores possíveis e que você possa contar com bem estar.

O que preciso saber sobre a lipoaspiração?

Muitas pessoas ainda não conhecem tão a fundo esse procedimento e podem contar com uma série de dúvidas sobre a lipoaspiração.

Entender mais sobre o que está envolvido em uma lipoaspiração é algo essencial e que pode ajudar no seu procedimento.

O principal sobre a lipoaspiração é que não é um procedimento feito para que a paciente emagreça.

É recomendado, inclusive, que a paciente chegue a seu peso ideal, ou próximo dele, antes do procedimento.

Estando nessa situação, a lipoaspiração será capaz de remover a gordura localizada de praticamente qualquer parte do corpo.

Assim sendo, é importante entender que a paciente não pode perder peso através desse procedimento.

Ele é capaz de remover, em geral, no máximo 7% de gordura corporal de uma paciente.

Em seguida, sobre o tempo de recuperação do procedimento. É bastante variável dependendo da região em que é feita e da complexidade do procedimento, mas costuma ser bastante tranquilo.

Finalmente, pode-se falar das expectativas do paciente, que devem ser discutidas com o cirurgião para atingir os melhores resultados possíveis.

Converse abertamente sobre a cirurgia com seu cirurgião e tire todas as suas dúvidas.

Assim poderá estar mais segura sobre a lipoaspiração e tranquila de se estar tomando a decisão correta.

Por que a lipoaspiração no braço é mais dolorosa?

Primeiramente, é preciso definir que essa é uma informação que não possui caráter científico, especialmente uma vez que a dor é uma condição muito relativa para cada paciente.

Enquanto muitas mulheres relatam sentirem dor durante a recuperação de uma lipoaspiração, outras tem uma recuperação tranquila.

Cada caso é um e não existem duas pacientes que respondem de forma idêntica ao procedimento.

Porém, o que pode explicar uma possível dor na lipoaspiração do braço é o fato de que esforços maiores na movimentação das cânulas, para que seja abordada toda a extensão dos braços da paciente.

Isso pode resultar em mais inchaço e fazer com que a paciente relate mais desconforto durante o seu pós operatório.

Entenda mais sobre a relação de dor entre a lipoaspiração e a região dos braços

A lipoaspiração dos braços é um procedimento que costuma oferecer excelentes resultados.

Porém, assim como todas as regiões do corpo, pode apresentar sensibilidade e rigidez durante o período pós operatório.

Porém, não espera-se que passe mais de uma semana até que a dor tenha desaparecido quase que por completo.

Algumas pacientes, inclusive, relatam ter se livrado de qualquer desconforto em menos tempo.

Para ter certeza sobre as possibilidades de dor de um procedimento de lipoaspiração no braço, é importante permitir que o seu médico avalie o seu tipo de pele e seu histórico médico, para que maiores informações possam ser obtidas.

Não hesite em conversar com um médico qualificado e experiente para saber ainda mais sobre a lipoaspiração na região dos braços, obtendo resultados próximos as suas expectativas.

Uma lipoaspiração pode alterar os níveis de estrogênio de uma paciente?

Na hora de buscar uma resposta para a alteração nos níveis de estrogênio, é importante entender que a ciência trabalha de forma exata e confirmada por pesquisas.

Só assim um médico pode verdadeiramente informar uma paciente, além de, é claro, analisar a sua situação em específico e compará-la com os dados obtidos através de pesquisas e coletados em ambientes controlados e laboratoriais.

Sabendo disso, é fundamental observar que não existem pesquisas que comprovem que a lipoaspiração afeta os níveis de estrogênio.

Porém, é sempre uma boa ideia fazer um exame junto a um médico endocrinologista antes de realizar o procedimento.

Analisando os resultados com o seu cirurgião plástico, ele definirá o melhor caminho para o seu procedimento.

Compreendendo a relação entre a lipoaspiração e os níveis de estrogênio de uma paciente, é interessante entender mais sobre o procedimento.

Ele faz a remoção de gorduras corporais localizadas. Porém, também pode ser utilizado uma melhor modelagem corporal, tendo como resultado final um corpo mais definido.

A lipoaspiração não se foca em remover grandes quantidades de gordura de parte alguma do corpo da paciente, pois pode retirar apenas até 7% de sua gordura corporal.

Assim sendo, as pacientes que desejarem emagrecer com o procedimento, devem conversar com um médico especializado a fim de tirar todas as suas dúvidas.

Converse com o seu médico sobre essas e outras questões relacionadas à lipoaspiração, obtendo o máximo de informação possível antes da cirurgia.

Lipoaspiração pelo umbigo, é possível?

Na hora de fazer uma lipoaspiração, muitas pacientes buscam saber se existe a possibilidade de realizar uma lipoaspiração pelo umbigo.

A verdade é que essa é a forma mais comum de realização na região abdominal.

Através de uma pequena incisão, são inseridas finas cânulas e é aspirada a gordura de toda a parede abdominal.

Porém, mesmo essa sendo a forma mais conhecida de se realizar esse procedimento, é sempre fundamental lembrar que cada médico trabalha de uma forma, e que seu cirurgião pode sugerir uma forma diferenciada.

Ao fazer a lipoaspiração pelo umbigo pelo método tradicional pode contar também com a presença de mais incisões.

Isso permite que a gordura da região seja aspirada de uma série de ângulos diferentes e, portanto, de forma mais efetiva.

Além de abordar regiões diferentes que apenas com a incisão do umbigo não alcança.

Lembramos que a lipoaspiração não é um procedimento de emagrecimento, mas sim para remover “excessos de gordura” e melhorar o contorno corporal.

Portanto, esse procedimento remove, no máximo, 7% de gordura corporal.

Na hora de tomar a decisão de fazer uma lipoaspiração é essencial contar com um profissional que auxilie e tire todas as suas dúvidas.