Uma paciente com problemas de coração pode fazer uma cirurgia plástica?

Inicialmente, é essencial que a paciente seja avaliada cautelosamente por um cardiologista em relação ao problema de coração.

Problemas cardíacos podem se dar por uma série de doenças que devem ser identificadas.

Feito isso, é importante ressaltar que dificilmente algum médico colocaria a vida de uma paciente em risco através de uma cirurgia que se mostrasse capaz de ser solucionada por métodos não invasivos.

Para que um procedimento cirúrgico seja feito é essencial que a paciente passe por testes bastante específicos e que seu nível de estresse cardíaco seja constantemente monitorado.

Caso contrário, não será possível conter as complicações que podem surgir através de um batimento cardíaco irregular, o que é extremamente arriscado para a paciente.

Saiba mais sobre a  cirurgia plástica para pacientes com problemas de coração

Cirurgias plásticas de menor complexidade, como uma lipoaspiração, por exemplo, podem ser feitas, geralmente, sem maiores problemas em pacientes com problemas do coração.

Cirurgias de maior complexidade merecem maior atenção, pois podem contar também, além do estresse fisiológico, com interações medicamentosas no pós operatório.

Por isso, é essencial que seja feito um acompanhamento inicial junto a seu médico, que analisará todo o seu histórico médico e os resultados de seus exames pré-operatórios.

Só após essa análise minuciosa que será possível considerar a aplicação ou não de uma cirurgia estética em um coração que pode estar debilitado.

O cirurgião irá conversar amplamente com sua paciente, tirando suas dúvidas e analisando seus casos em específico.

Por isso, busque sempre por um cirurgião que seja parte de Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica para obter os melhores resultados, independentemente de qual for a sua cirurgia.

      

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *