Uma paciente com problemas de coração pode fazer uma cirurgia plástica?

Inicialmente, é essencial que a paciente seja avaliada cautelosamente por um cardiologista em relação ao problema de coração.

Problemas cardíacos podem se dar por uma série de doenças que devem ser identificadas.

Geralmente não se indica cirurgias eletivas antes de esclarecer completamente o estado físico da paciente.

Para que um procedimento cirúrgico seja feito é essencial que a paciente passe por testes bastante específicos e que seu nível de estresse cardíaco seja constantemente monitorado.

Complicações cardíacas durante um procedimento cirúrgico podem ser bastante sérios, e toda a precaução é necessária.

Saiba mais sobre a  cirurgia plástica para pacientes com problemas de coração

Cirurgias de maior complexidade merecem maior atenção, pois podem contar também, além do estresse fisiológico, com interações medicamentosas no pós operatório.

Cirurgias menos complexas, e que exigirão o mínimo de estresse do coração, poderão ser indicadas com mais facilidade após uma avaliação cautelosa do cardiologista.

Por isso, é essencial que seja feito um acompanhamento inicial junto com o cardiologista em contato com o cirurgião plástico, que analisarão todo o histórico médico do paciente e os resultados de seus exames pré-operatórios.

O cirurgião irá conversar amplamente com a paciente, tirando suas dúvidas e analisando o caso em específico.

Por isso, busque sempre por um cirurgião que seja parte de Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica para ter mais segurança, independentemente de qual for a sua cirurgia.

      

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *